segunda-feira, 27 de julho de 2015

Madrugada

O sol nasce dentro de mim.
Pela janela do meu quarto vejo sorrisos
caindo das folhas balouçantes das palmeiras.
Apanho-os.
E vou oferecê-los contente
às ondas doces do mar.

Monte Gordo, 25 de Julho


Postar um comentário