sábado, 8 de abril de 2017

Tudo passa

Tudo passa
mas tudo fica.
Tudo lembra
mas tudo esquece.
Estranhamente...
é tudo estranho.
Ou talvez não:
era noite,
ora amanhece.
Tudo é diferente,
mas se repete...

Eduardo Aleixo

( em todas as datas e lugares)

Postar um comentário