terça-feira, 17 de dezembro de 2013

As folhas caem, as folhas rebentam...

As folhas caem...
Não se lembram de que já foram chão!

As folhas rebentam...
Não se lembram de que já foram céu!

Assim nós somos

De cada vez que partimos 
E voltamos!

Lisboa, Mértola, Dezembro de 2013
Postar um comentário