sexta-feira, 13 de março de 2015

Indelével e eterno

Meu ( nosso ) tempo sem tempo
não sentido tempo
indelével e eterno roçagar de vento..
.

Postar um comentário