quinta-feira, 20 de agosto de 2015

ROSA


A nudez não precisa de palavras.
Simples som e tom e silaba
já são máscaras.
A nudez é completa.
Ponto difícil de chegada.
Bela e violenta e perfeita.
Rosa.

Maio de 2015
Postar um comentário