domingo, 14 de fevereiro de 2016

Eram duas estrelas

Debaixo da chuva cruzei-me com uma velhota
com ar só e triste.
Disparei:
- Bom dia...
Ela ergueu o rosto e disse:
- Bom dia, senhor...
E os seus olhos cintilantes
eram duas estrelas!...
Eduardo Aleixo
Manhã chuvosa de Fevereiro.
Postar um comentário