segunda-feira, 7 de março de 2016

O que me define


O que me define: à beira das águas. Nem repouso é
do cansaço das viagens das estrelas aos cristais da terra. Nem complemento. Nem compensação.
Mar e rio e riacho irmão. Fonte de pureza. Correnteza sem mácula.
Cantatas do cosmos, do já sem tempo.
Jasmim e camélia recanto metamorfose das borboletas inocentes e sábias..
Estrelas do mar. E búzios.
Olho com amor todas as pegadas sobre as areias.
Que as ondas beijam.
E apagam.
Sem culpa.
Eduardo Aleixo
Santa Cruz.
Olhando o mar belo e bravo com sol.
6 de Março
Postar um comentário