terça-feira, 9 de setembro de 2014

Transmutação

As sombras, com todos os seus nomes,
Lavadas nas águas no fundo da terra,
Transmutadas em pedra sorridente de cristal 
Que sobe
E me invade o coração,
Luminoso poema,
Assim te quero!

28 agosto
Postar um comentário