sábado, 29 de outubro de 2016

INTERSTÍCIOS

São janelas de pedra, de mar, de brisas e de luz,
por onde espreito
para o outro lado de mim.......
.
Eduardo Aleixo
.
( em todas as datas e lugares )
Postar um comentário