quarta-feira, 9 de março de 2011

flor sem memória

Onde e quando o espaço sem espaço
e tempo onde as mágoas não existem,
cada um de nós pétala
da mesma flor
sem memória...
-
" Os caminhos do silêncio "
-
Lisboa, 9 de Março
Postar um comentário