terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Até ao Novo Ano

Esta será a minha última postagem deste final de ano de 2009 em São Tomé. Vou dedicá-la ao último passeio que fiz, rumo a uma zona isolada e apenas acessível via mar, chamada São Miguel, vila outrora habitada. Para lá chegar fomos de carro da cidade até Santa Catarina, a povoação onde acaba a estrada. Aí, combinámos com um pescador, para nos levar de canoa até São Miguel, pagando-lhes nós o combustivel do pequeno barco. Não sabia eu que a viagem iria demorar quase duas horas para ir e mais outras duas para regressar... Mas assim foi. Sob o sol bem quente e uma paisagem magnífica junto à costa, rumámos pelo mar, cada vez mais longe, onde só os pescadores e vinhanteiros vão...São Miguel. Lá, numa enseada tropical, estão construidas pequenas barracas de madeira junto à praia, onde ainda vivem isolados do mundo uma mulher e sua filha, mais uns vinhanteiros - homens que apanham o vinho da palma - que por lá ficam temporariamente alguns meses e vão vender o vinho a Santa Catarina. Apenas uma vez por ano, em Setembro, aquela zona se volta a encher de gente, que numa rumaria da festa de São Miguel passam lá o dia, onde é celebrada uma missa na pequena capela que ainda por lá permanece. Mal chagámos, começamos a subir a encosta onde nos disseram que há muita cobra preta, rumo à capela que estava escondida no meio da vegetação. Capela essa que nada mais é que outro pequeno casebre a cair, mas com a imagem do santo no interior onde ainda muita gente vem pagar promessas. Pelo caminho ainda falámos um pouco com 3 rapazes vinhanteiros que nos perguntaram pelo resultado do jogo de futebol entre o Benfica e o Porto... Como não tinhamos tido energia na noite anterior não lhes pudemos responder, apesar de lhes ter dito que provavelmete ganhara o Benfica, ao qual um dos rapazes ficou todo contente :) Para meu espanto, nessa noite em casa, percebi que o jogo de futebol ainda não tinha acontecido, era nessa mesma noite! No entanto, não me enganei no resultado...! Ainda pelo passeio, andámos pela praia e conhecemos as senhoras que lá vivem sozinhas, um cão e algumas galinhas. Pensei no que seria lá passar uns dias sem nada de nada... Final da história e reencontramo-nos em 2010! Beijos e saudades, Rita
Postar um comentário