sábado, 1 de agosto de 2009

As plantas, as flores e a serenidade...

Esta flor é um mimo. Chama-se STAPELIA VERIEGATA.
Foi-me oferecida pela amiga, Graça Serrão, que a tratou sempre bem.
E a quem prometo que continuará a ser sempre bem tratada À Beira de Água.
Obrigado, amiga.
Bem-hajas.

12 comentários:

Anônimo disse...

Um poeta só pode gostar de flores. Se não gostasse não podia ser poeta. Um abraço.

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDO EDUARDO, BELAS PLANTAS E FLORES... DESEJO-TE UM BELO FIM DE SEMANA... ABRAÇO-TE COM MUITO CARINHO,
FERNANDINHA

Eduardo Aleixo disse...

Gui

Estamos de acordo, amigo. Um abraço.

Eduardo Aleixo disse...

Fernanda

O meu contentamento por vires a esta casa é o mesmo desde o inicio: bem-hajas. Bom fim de semana.

Clotilde S. disse...

A minha amiga Carmo também me ofereceu uns pézinhos desta planta. Plantei-os num vaso da varanda e tem crescido muito bem. Foi há um ano e agora já enche o vaso todo. A flor é de facto muito linda, lembra uma estrela do mar.
Não sabia o seu nome.Obrigada pela informação e pela partilha.
Um abraço, Clo

Eduardo Aleixo disse...

Clo
É partilhando as flores que também damos os nomes das flores ...às flores! Beijinho, amiga.

Paulo disse...

. querido Eduardo ,,,

venho saber de TI e encontro plantas .

das maiores paixões que trago comigo .

contigo, estarão entregues como nas mãos de Deus .

. um bom fim de semana .
. abraço.TE . sempre .

Eduardo Aleixo disse...

Paulo

Ler-Te e ouvir-Te, é sentir o coração de Alegria.
Mas estou em falta, estou!
Mas vou redimir-me.
Também sou muito teu Amigo.
Eduardo

pin gente disse...

é bom encontrar apaixonados por flores!
abraços

Eduardo Aleixo disse...

Luisa

Longe
Da nossa inquietação,
As flores
Simplesmente...
São.

Bj

© Piedade Araújo Sol disse...

que bonitas!

beij

Eduardo Aleixo disse...

Piedade
Gostei do seu blogue