quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Poemas de BAI JUYI

1. A vida dos animais
Quem diz que a vida dos animais não tem valor?
Sua carne, sua pele, seus ossos semelhantes aos nossos.
Não matem os pássaros nos ramos das árvores.
No ninho, os filhotes aguardam o regresso dos pais.
-
2. O musgo nas pedras
Escuros, verdes, sem um grão de poeira
os tufos de musgo enraizados nas pedras.
Mais felizes as ervas dos caminhos,
mas, de vez em quando, as carroças esmagam-nas.
-
3. Alegria interior
Esta manhã, uma taça de vinho.
Pensas que encheu meu coração de alegria?
Há outra alegria, brotando de uma fonte interior
Essa o mundo nunca entende.
-
( In " Poemas de BAI JUYI " )
Postar um comentário