quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Barca Bela

Pescador da barca bela,
Onde vais pescar com ela,
Que é tão bela,
Ó pescador?
-
Não vês que a última estrela
No céu nublado se vela?
Colhe a vela,
Ó pescador!
-
Deita o lanço com cautela,
Que a sereia canta bela...
Mas cautela,
Ó pescador!
-
Não se enrede a rede nela,
Que perdido é remo e vela
Só de vê-la,
Ó pescador.
-
Pescador da barca bela,
Inda é tempo, foge dela,
Foge dela,
Ó pescador!
( Almeida Garrett, 1799-1854 )
Postar um comentário