quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Não preciso me digas

Não preciso me digas como escreves:
Se a sorrir,
Se a chorar,
Se a cantar ( ou como se cantasses ),
Ou se o fazes em silêncio!...
- Porque eu vejo bem o teu sorriso!
- Ouço bem o teu chorar!...
- Escuto bem o teu cantar!
- Sei ler bem o teu silêncio!...
Não preciso me digas como escreves!
Eduardo Aleixo
Postar um comentário