quinta-feira, 5 de junho de 2008

Da Ilha - de S. Tomé e Príncipe

Todos somos pequenos ilheus, uns mais distantes, com grandes montanhas, outros maiores, planos, desertos, ventosos, ou floridos. Todos nascemos sózinhos e morremos sózinhos, nus, sem nada para além de nós mesmos. Por isso, a nossa ilha, é o nosso espaço de cultivo. nela podemos semear o que quisermos em função das condições climatéricas existentes. O resultado depende de nós, do que fizermos e do que somos. É fundamental estarmos com as pessoas, relacionarmo-nos e amarmos, mas primeiro temos que saber fazê-lo junto de nós mesmos, no nosso pequeno ilhéu. Se nos distanciarmos de nós, deixamos de cultivar. Seria bom, no final, ver a nossa ilha linda e poder dizer: conseguimos! Bom trabalho! Melhor ainda, seria ver que a nossa é bela, mas que conseguimos ajudar a tornar outras ilhas tão belas quanto a nossa... beijos e saudades Rita
Postar um comentário