sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Convidado da semana: Vinicius de Moraes

1. Eu sei que vou te amar
Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente eu sei que vou te amar
E cada verso meu
Será p'ra te dizer
Que eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida
..................................
Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua vou chorar
Mas cada volta tua há-de apagar
O que esta ausência tua me causou
Eu sei que vou sofrer
A eterna desventura de viver
À espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida.
( De livro de Letras
Música de António Carlos Jobim )
2. Garota de Ipanema
Olha que coisa mais linda
Mais cheia de graça
É ela menina
Que vem e que passa
Num doce balanço, a caminho do mar
..........................................
Moça do corpo dourado
Do sol de Ipanema
O seu balançado é mais que um poema
É a coisa mais linda que eu vi passar...
..........................................
Ah, porque estou tão sozinho
Ah, porque tudo é tão triste
Ah, a beleza que existe
A beleza que não é só minha
Que também passa sozinha
...........................................
Ah, se ela soubesse
Que quando ela passa
O Mundo inteirinho se enche de graça
E fica mais lindo
Por causa do amor
( De Livro de Letras
Música de António Carlos Jobim )
3. A felicidade
Tristeza não tem fim
Felicidade, sim...
...................................
A felicidade é como a pluma
Que o vento vai levando pelo ar
Voa tão leve
Mas tem a vida breve
Precisa que haja vento sem parar
............................................
A felicidade do pobre parece
A grande ilusão do Carnaval
A gente trabalha o ano inteiro
Por um momento de sonho
P'ra fazer a fantasia
De rei ou de pirata ou jardineira
E tudo se acabar na quarta-feira
.........................................
Tristeza não tem fim
Felicidade, sim...
............................................
A felicidade é como a gota
De orvalho numa pétala de flor
Brilha tranquila
Depois de leve oscila
E cai como uma lágrima de amor
................................................
A minha felicidade está sonhando
Nos olhos da minha namorada
É como esta noite
Passando, passando
Em busca da madrugada
Falem baixo, por favor...
P'ra que ela acorde alegre como o dia
Oferecendo beijos de amor.
........................................
Tristeza não tem fim
Felicidade, sim...
( Idem )
- In o livro, O Poeta não tem fim.
O Melhor de
Vinicius de Moraes
Postar um comentário