quinta-feira, 31 de julho de 2008

A Banca, grande diminuição de lucros!

Vem hoje nos jornais: os lucros dos 4 maiores bancos, neste semestre, atingiram um valor conjunto de 647,9 milhões de euros, menos 43% do que os 1139,2 milhões do mesmo período do ano passado.
Estes números mostram bem os valores enormes dos lucros atingidos pela Banca em comparação com a escassez financeira da esmagadora maioria das famílias portuguesas.
Houve uma diminuição de lucros, que passaram, no entanto, para um valor ainda astronómico: 647,9 milhões de euros, astronómico para um país de gente pobre como é o nosso.
O BES lucrou menos 28%, nos 264,1 milhões de lucros que teve. Quer dizer que o BES deixou de ganhar aquela importância, que fica, pelos vistos, a fazer-lhe falta, muita falta, habituado como está a ganhar muito mais!

O mesmo se diga dos restantes bancos.

Ricardo Salgado apareceu no telejornal da noite de ontem, com um ar naturalmente preocupadíssimo. Mas já trazia a receita na ponta da língua: necessidade de redução de pessoal ( parece que através de reformas antecipadas ) como forma de compensação daquela perda de lucros!.

Sim, porque não se trata de prejuízos, mas de diminuição de lucros!
Está-se mesmo a ver: mais um pretexto para a redução de pessoal e quanto muito para a admissão de gente jovem, mas com contratos precários e recibos verdes.

É o que está a dar. O que seria se em vez de diminuição de ganhos fossem mesmo prejuízos? Eduardo Aleixo
Postar um comentário