terça-feira, 5 de agosto de 2008

Tremoços

Às vezes come-se
não tremoços
mas o tempo
que nos come...
Eduardo Aleixo
Postar um comentário