sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Bom fim de semana

Alegria interior
Esta manhã, uma taça de vinho.
Pensas que encheu meu coração de alegria?
Há outra alegria brotando de uma fonte interior.
Essa o mundo nunca entende.
Na janela, olhando os bambús
Porquê cortar e fazer uma flauta?
Porquê aparar para uma cana de pesca?
Murcharão ervas e flores.
Eles, bonitos, baloiçando sob flocos de neve.
A vida dos animais
Quem diz que a vida dos animais não tem valor?
Sua carne, sua pele, seus ossos semelhantes aos nossos.
Não matem os pássaros nos ramos das árvores.
No ninho, os filhotes aguadam o regresso dos pais.
( Bai Juyi - in Poemas de Bai Juyi )
Postar um comentário