terça-feira, 6 de maio de 2008

O que me seduz

POEMA

O que me seduz Não é aquilo que não tenho

Mas aquilo que não vejo Mas vislumbro Às vezes São momentos de leveza Em que as respostas surgem E os encontros acontecem No mesmo chão Onde sofro Canto E amo... Mas em que o corpo respira Com outro enlevo e som... Eduardo Aleixo

Postar um comentário