sexta-feira, 16 de maio de 2008

Postal ilustrado para S. Tomé e Príncipe

Olá, Rita।
Obrigado pelas lindas fotos que nos mandaste de S.Tomé.
Tantas saudades tuas...
Mas o principal é sabermos que estás bem.
Embora com imenso trabalho, fazes aquilo de que gostas, de que sempre gostaste: seres útil aos outros, contribuindo, neste caso através de uma ONG, para o desenvolvimento humano e social dos menos favorecidos.
Tu sabes que, infelizmente, a maioria das pessoas não exerce uma profissão, ou actividade, que estejam em harmonia com as suas características pessoais. Não é o teu caso. Por isso tens motivos para te sentires contente a despeito dos inúmeros obstáculos e falta de condições materiais que são apanágio das terras pobres como é aquela onde te encontras. Nós também estamos felizes por te saber contente, embora longe. Mas, repito: o essencial é viveres de acordo com o que sentes ser a tua missão neste mundo.
S. Tomé e Príncipe - já nos tinham dito - é lindo. As tuas fotos confirmam-no. A paisagem fez-nos recordar o verde de Goa e da Malásia, naquela viagem que fizemos desde Singapura, atravessando os coqueirais, até Malaca...
Em Junho iremos ver-te. E também a esses estranhos caranguejos que se passeiam pelas areias das praias! E a essas belas árvores ( coqueiros, bananeiras, mangueiras... ). E a essas lindas crianças, com olhos redondos e brilhantes. E a esse povo que dizes ser tão amigo dos portugueses.
Obrigado pelas conchas. Confesso que nunca tinha visto conchas tão finas e tão delicadas.
Vai ser bom rever-te.
Queres que te leve o livro de Haruki Murakami, " A rapariga que inventou um sonho? ". Eu já o li. É um livro de contos. Mas, como os outros livros do autor, imaginativo e mágico. Uma maravilha. Beijos.
Eduardo Aleixo
Postar um comentário